Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue de Notas

O feliz destino de alguns mails ;-)

Blogue de Notas

O feliz destino de alguns mails ;-)

29
Out06

Pérolas do ensino

Eis aqui alguns exemplos de respostas imaginativas dadas por não  menos imaginativos alunos nos seus testes escolares. Estão separados por  disciplina e escritos tal e qual no original (erros incluidos):

*História*

-A História divide-se em 4: Antiga, Média, Moderna e Momentânea (esta, a dos nossos dias);

-O Hino Nacional Francês chama-se La Mayonèse;

-Tiradentes, depois de morto, foi decapitulado;

-Entres os índios da América, destacam-se os aztecas, os incas, os pirineus, etc;

-No começo os índios eram muito atrazados mas com o tempo foram-se sifilizando;

-Com a morte de Jesus Cristo os apóstolos continuaram a sua carreira;

-Entre os povos orientais os casamentos eram feitos "no escuro" e os noivos só se conheciam na hora h.

* Geografia*

-A capital de Portugal é Luiz Boa;

-O principal rio nos Estados Unidos é o Mininici;

-A Geografia Humana estuda o homem em que vivemos;

-Na América Central há países como a República do Minicana;

-A Terra é um dos planetas mais conhecidos no mundo;

-As constelações servem para esclarecer a noite;
-As principais cidades da América do Norte são Argentina e Estados Unidos;

*Ciências*

-Ecologia é o estudo dos ecos, isto é, da ida e vinda dos sons;

-Solo é quando numa orquestra um dos músicos "capricha" sozinho e os outros ficam à escuta;

-Assexuada é a pessoa que não está nem do lado de cá nem do lado de lá;

-Trompa de Eustáquio é o instrumento musical de sopro, inventado pelo grande músico belga Eustáquio, de Bruxelas;

-Newton foi um grande ginecologista e obstetra europeu que  regulamentou a lei da gravidez e estudou os ciclos de Ogino-Knaus;

*Português*

-Parêntesis é o gráu da família que existe entre os pais e filhos, tios e sobrinhos, avós e netos, primos e primas, etc;

-Preposição, conforme diz a palavra pela sua própria entomologia, é aquela que é colocada antes da outra que é mais importante;

-Conjunção é a grafia que se usa quando se quer conjugar um verbo;

-Sujeito é a pessoa com quem a gente fala;

-Concordância é quando nós estamos de acordo com o que o  outro disse.

*EXAMES - 2ª FASE *

-A febre amarela foi trazida da China por Marco Polo;

-Os ruminantes distinguem-se dos outros animais porque o que comem, comem duas vezes;

-O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por  dia;

-A arquitectura gótica notabilizou-se por fazer edifícios verticais;

-A diferença entre o Romantismo e o Realismo é que os românticos escrevem romances e os realistas nos mostram como está a situação do país;

-As múmias tinham um profundo conhecimento de anatomia;

-Na Grécia a democracia funcionavam muito bem porque os que não estavam de acordo envenenavam-se;

-As plantas distinguem-se dos animais por só respirarem à noite;

-Os estuários e os deltas foram os primitivos habitantes da Mesopotâmia;

-A caixa de previdência assegura o direito à enfermidade colectiva;

-A respiração anaeróbica é a respiração sem ar que não deve passar de três minutos;

-Calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo;

-Antes de ser criada a Justiça, o mundo era injusto.

*COM OS EXAMES NACIONAIS DO 9º E DO 12º *

-Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigénio;

-O nervo óptico transmite ideias luminosas ao cérebro;

-O vento é uma imensa quantidade de ar;

-Terramoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas;

-Os antigos egípcios desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor;

-Péricles foi o principal ditador da democracia grega;

-O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades;

-O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro de água;

-A principal função da raíz é enterrar-se;

-O sol dá-nos luz, calor e turistas;

-As aves têm na boca um dente chamado bico;

-A unidade de força é o Newton, que significa a força que se tem de realizar num metro da unidade de tempo, no sentido contrário;