Sábado, 12 de Junho de 2004

Vírus do Amor

É o vírus mais antigo da face da terra!

Ele é altamente contagioso e é transmissível através do contacto físico (principalmente pelo beijo), ou mesmo, em alguns casos raros, por um simples olhar. A propagação dá-se em inúmeros locais; de preferência privados, mas também em locais públicos, como num cinema.

Sintomas mais comuns:

A pessoa contaminada fica alegre, muito alegre, olhar parado (olhar de bobo) não consegue pensar em nada, a não ser no transmissor do vírus, e o coração aumenta de tamanho de uma forma assustadora (o mais interessante é que não é detectado por exame cardiológico).

Antídoto:

Ainda não foi inventado nenhum e parece que não há ninguém interessado em descobrir algum antídoto. Felizmente, existe uma fórmula muito antiga que não falha e procure seguir à risca :
Fique perto, muito perto mesmo, o maior tempo que puder (se possível 24 horas por dia) do transmissor do vírus, dê e receba muito amor . Não foi provado ainda cientificamente mas parece que o beijo, um transmissor de alta periculosidade é também um santo remédio, (vai entender esse vírus!!!) pois a pessoa de sente bem após aplicação maciça.

Importante:

Siga corretamente as instruções, não desaparecendo os sintomas, aumentar a dose.

Atenção:

Não adianta procurar um médico pois não existe cura (a não ser que o próprio seja um transmissor desse fatal vírus!!!).

publicado por floreca às 15:44

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 12 de Junho de 2004 às 20:50
Isso é psicológico! Bebe um tocafé que isso passa! :-Dzé cutivo
</a>
(mailto:antoniosoares17@iol.pt)

Comentar post