Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

A freira

A freira vai ao médico:
-Doutor, estou com uma crise de soluços que não me deixa viver. Não durmo, não como, dói-me o corpo de tanto movimento compulsivo involuntário..
-Tenha calma Irmã, que vou examiná-la.
Manda-a deitar-se na marquesa e depois de um aprofundado exame, sentencia:
-Irmã, a senhora está grávida.
A freira levanta-se num pulo e sai a correr do consultório com cara de pânico.
Uma hora depois o médico recebe uma chamada da Madre Superiora.
-Doutor, que foi que o senhor disse à Irmã Carmen?
-Cara Madre Superiora, como ela estava com uma fortíssima crise de soluços, eu disse-lhe que ela estava grávida. Espero que, com o susto, ela tenha parado de soluçar.
-Sim, a Irmâ Carmen parou de soluçar, mas o Padre Alberto saltou da torre da Igreja...

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 07:18

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

8 motivos para não se confiar sempre nos conselhos das Mães

- Deixa de jogar bola o dia todo e vá estudar para poderes ter um futuro.
(Mãe do Ronaldinho)

- Pára de gritar o dia todo.
(Mãe de Luciano Pavarotti)

- Deixe de brincar com estas maquininhas, ou nunca terá nada na vida.
(Mãe de Bill Gates)

- É a última vez que rabisca as paredes da Casa de Banho.
(Mãe de Michelangelo)

- Pare de bater na mesa, estou cansada desses ruídos.
(Mãe de Samuel Morse)

- Fique quieto de uma vez, daqui a pouco vais querer dançar nas paredes.
(Mãe de Fred Astaire)

- Nada de igualdades, eu sou a tua mãe e tu és o meu filho.
(Mãe de Karl Marx)

- Pára de mentir, tu pensas que estares sempre a mentir te vai ajudar a conseguir ser alguém na vida!?
(Mãe de José Sócrates ou outro político qualquer)
sinto-me:
publicado por floreca às 22:46

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

É um prazer...

sinto-me:
publicado por floreca às 20:35

link do post | comentar | favorito
|

História de Portugal (condensada)

Tudo começou com um tal Henriques que não se dava bem com a mãe e acabou por se vingar na pandilha de mauritanos que vivia do outro lado do Tejo.
Para piorar ainda mais as coisas, decidiu casar com uma espanhola qualquer e não teve muito tempo para lhe desfrutar do salero porque a tipa apanhou uma camada de peste negra e morreu.
Pouco tempo depois, o fulano, que por acaso era rei, bateu também as botas e foi desta para melhor.
Para a coisa não ficar completamente entregue à bicharada, apareceu um tal João que, ajudado por um amigo de longa data que era afoito para a porrada, conseguiu pôr os espanhóis a enformar pão e ainda arranjou uns trocos para comprar uns barcos ao filho que era dado aos desportos náuticos. De tal maneira que decidiu pôr os barcos a render e inaugurou o primeiro cruzeiro marítimo entre Lisboa e o Japão com escalas no Funchal, Salvador, Luanda, Maputo, Ormuz, Calcutá, Malaca, Timor e Macau.
Quando a coisa deu para o torto, ficou nas lonas só com um pacote de pimenta para recordação e resolveu ir afogar as mágoas, provocando a malta de Alcácer-Quibir para uma cena de estalo. Felizmente, tinha um primo, o Filipe, que não se importou de tomar conta do estaminé até chegar outro João que enriqueceu com o pilim que uma tia lhe mandava do Brasil e acabou por gastar tudo em conventos e aquedutos.
Com conventos a mais e dinheiro menos, as coisas lá se iam aguentando até começar tudo a abanar numa manhã de Novembro. Muita coisa se partiu. Mas sem gravidade porque, passado pouco tempo, já estava tudo arranjado outra vez, graças a um mânfio chamado Sebastião que tinha jeito para o bricolage e não era mau tipo apesar das perucas um bocado amaricadas.
Foi por essa altura que o Napoleão bateu à porta a perguntar se o Pedro podia vir brincar e o irmão mais novo, o Miguel, teve uma crise de ciúmes e tratou de armar confusão que só acabou quando levou um valente puxão de orelhas do mano que já ia a caminho do Brasil para tratar de uns negócios.
A malta começou a votar mas as coisas não melhoraram grande coisa e foi por isso que um Carlos anafado levou um tiro nos coiratos quando passeava de carroça pelo Terreiro do Paço. O pessoal assustou-se com o barulho e escondeu-se num buraco na Flandres onde continuaram a ouvir tiros mas apontados a eles e disparados por alemães. Ao intervalo, já perdiam por muitos mas o desafio não chegou ao fim porque uma tipa vestida de branco apareceu a flutuar por cima de uma azinheira e três pastores deram primeiro em doidos, depois em mortos e mais tarde em beatos.
Se não fosse por um velhote das Beiras, a confusão tinha continuado mas, felizmente, não continuou e Angola continuava a ser nossa mesmo que andassem para aí a espalhar boatos. Comunistas dum camandro! Tanto insistiram que o velhote se mandou do cadeirão abaixo e houve rebaldaria tamanha que foi preciso pôr um chaimite e um molho cravos em cima do assunto.
Depois parece que houve um Mário qualquer que assinou um papel que nos pôs na Europa e ainda teve tempo para transformar uma lixeira numa exposição mundial e mamar duas secas da Grécia na final.
E o Cavaco?
O Cavaco foi com o Pai Natal e o palhaço no comboio ao circo.


FIM

sinto-me:
publicado por floreca às 20:30

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Junho de 2006

Zebras

O Mocho é que sabe...
Uma zebra nova pergunta à mãe:
- Mãe eu sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
- Oh filha não sei. Vai perguntar ao leão que ele é o rei da selva, deve saber.
A zebra vai ter com o leão e pergunta:
- Rei Leão, sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
- Não sei, vai ter com o mocho, que ele é sábio e deve saber.
E a zebra lá vai ter com o mocho. Chega ao pé do mocho e pergunta:
- Mocho, a minha mãe não sabe, o leão também não... Afinal eu sou uma zebra branca com listas pretas ou preta com listas brancas?
Responde o mocho, com toda a sua sabedoria:
- Claro que tu és uma zebra branca com listas pretas.
- Então porquê, mocho?
- Porque se fosses preta com listas brancas tu dizias: "Esmocho escamarada, mim ser uma eszebra esbranca com eslista espreeta ou uma eszebra espreeta com eslista braaaaanca?"

Categorias:
publicado por floreca às 00:19

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Junho de 2006

Padre nervoso

Eu estava tão nervoso na minha primeira missa, que no sermão não conseguia falar.
Antes da segunda missa, dirigi-me ao Bispo e perguntei como devia fazer para relaxar.

Este, por sua vez, recomendou-me o seguinte:
-Coloque umas gotinhas de vodka na água, vai ver que da próxima vez estará mais relaxado.

No Domingo seguinte, apliquei a sugestão do meu Bispo, e estava tão relaxado que podia falar alto até no meio de uma tempestade, tão descontraído que estava.
Ao regressar a casa, encontro um bilhete do meu Bispo, que dizia o seguinte:

"Caro Padre :
1º- Da próxima vez, coloque umas gotas de VODKA na água e não umas gotas de água na VODKA;

2º- Não há necessidade de por limão e sal na borda do cálice;

3º- O missal não é, nem deverá ser usado, como apoio para o copo;

4º- Aquela casinha ao lado do Altar é o confessionário e não o WC;

5º- Evite apoiar-se na imagem de Nossa Senhora, e muito menos abraçá-la e beijá-la;

6º- Os mandamentos são 10 e não 12;

7º- 12 são os apóstolos, e nenhum deles era anão;

8º- Não nos devemos referir o nosso Salvador e seus apóstolos como "JC & Companhia";

9º- Não deverá referir-se a Judas como "filho da puta";

10º- Não deverá tratar o Papa por "O Padrinho";

11º- Judas não enforcou Jesus e Bin Laden não tem a ver com esta história;

12º- A água Benta é para benzer e não para refrescar a nuca;

13º- Nunca reze a missa sentado nas escadas do Altar;

14º- Quando se ajoelhar, não utilize a Bíblia como apoio ao joelho;

15º- Utiliza-se o termo ámen e não "ó meu";

16º- As hóstias devem ser distribuidas pelos fiéis. Não devem ser usadas como aperitivo antes do vinho;

17º- Procure usar roupas debaixo da Batina, e evite abanar-se quando estiver com calor;

18º- Os pecadores vão para o inferno e não para "a puta que os pariu";

19º- A iniciativa de chamar os fiéis para dançar foi plausível, mas fazer um "comboio" pela igreja...

20º- Não deve sugerir que se escreva na porta da Igreja HOSTIA BAR.

P.S.: Aquele que estava sentado no canto do Altar ao qual se referiu como "paneleiro travesti de saias" era eu!!...
Espero que estas suas falhas sejam corrigidas no próximo Domingo.

O Bispo"

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 00:58

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 17 de Junho de 2006

Novo modelo de copo

sinto-me:
publicado por floreca às 20:51

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Estranho sinal...

Isto será onde????

sinto-me:
publicado por floreca às 20:50

link do post | comentar | favorito
|

Nada como uma mulher inteligente...

clique na imagem para a aumentar

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 20:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Cérebro masculino

clique para ampliar

Categorias: ,
publicado por floreca às 20:46

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Motel

publicado por floreca às 20:46

link do post | comentar | favorito
|

Golfe

Ao acordar ainda antes do dia despontar, um golfista constata que chove a potes e que a temperatura ronda os zero graus. Sem se amedrontar, decide meter-se a caminho do campo de golfe a fim de jogar a sua partida semanal, mas dá meia volta quando começa a nevar copiosamente.
Regressado a casa, veste o pijama e volta para a cama. Aninhando-se junto à mulher,  justifica-se: 
- "Está um tempo horrível lá fora!".
Meio a dormir, a mulher desabafa: 
- "E acreditas que mesmo assim o parvo do meu marido foi jogar golfe?"

Categorias: ,
publicado por floreca às 19:23

link do post | comentar | favorito
|

Preguiça

Três amigos alentejanos a esgrimirem as suas qualidades:
- Eu sou tão preguiçoso que no outro dia, vi uns maços de notas no chão, e não os apanhei para não ter que me agachar.

Prossegue um outro:
- Isso não é nada. A minha vizinha super-sexy tocou-me à porta, a convidar-me para ir passar a noite à casa dela, e eu recusei para não ter que atravessar o corredor.

E o terceiro:
- Pois o meu caso foi pior. No domingo fui ao cinema e passei o filme todo a chorar.
- Só isso !!!??? comentaram os outros.
- É que ao sentar-me, entalei os tomates e não tive paciência para me levantar !!!...

sinto-me:
Categorias: ,
publicado por floreca às 19:18

link do post | comentar | favorito
|

Ding, dong...

Devido ao falecimento do avô aos 95 anos, o jovem Camilo foi dar os pêsames à sua avó de 90 anos.
Quando chegou, Camilo encontra a anciã chorando e fica a consolá-la .
Um pouco depois, quando vê a avó mais calma o neto aproveita e pergunta:
- Diz-me avó, como morreu o avô?
- Morreu ao fazermos amor, confessa a avó.
Camilo, horrorizado, responde-lhe que as pessoas de 90 anos ou mais, não deveriam fazer amor porque é muito perigoso.
No entanto a avó responde:
- De uns cinco anos para cá somente o fazíamos aos domingos e com muita calma, ao compasso das badaladas do sino da Igreja. Era Ding para o meter e Dong para o tirar........
Se não fosse o filho da puta do vendedor de gelados, sacudir o sino desvairadamente, o seu avô ainda estaria vivo!

sinto-me:
Categorias: ,
publicado por floreca às 19:12

link do post | comentar | favorito
|

Diário de um dono de casa

Porque se queixarão as mulheres das lides domésticas se basta um pouco de organização?
Por : Ivan Kraus

Segunda-feira
Sozinho em casa. A minha mulher foi passar a semana fora. Ora aí está uma excelente mudança. Vamos passar uma semana inesquecível, o cão e eu.
Delineei um programa e organizei o meu horário. Sei exactamente a que horas me levantar, quanto tempo demoro na casa de banho e a preparar o pequeno-almoço. Acrescentei o número de horas de que preciso para lavar a loiça, fazer limpezas, passear o cão, ir às compras e cozinhar. Fiquei agradavelmente surpreendido com o muito tempo livre que ainda terei. Não percebo porque é que as mulheres se queixam da lida da casa se tudo isso exige tão pouco tempo. O segredo está numa boa organização.
O cão e eu comemos um bife cada um ao jantar. Vesti-me a rigor, acendi uma vela e pus rosas numa jarra para criar uma atmosfera aprazível. O cão comeu paté de foi gras como entrada, repetiu a dose como prato principal, com uma requintada guarnição de legumes e biscoitos à sobremesa. Eu bebi vinho e fumei um charuto.
Há muito que não me sentia tão bem.

Terça-feira
Tenho de dar uma olhadela ao meu horário. Uns pequenos acertos.
Expliquei ao cão que não se pode ter festa todos os dias e que por isso, não pode estar à espera de entradas e três tigelas de comida, que é claro, tenho de lavar.
Ao pequeno-almoço, verifiquei que o sumo de laranja natural tem um inconveniente. É preciso lavar sempre o espremedor. Alteração possível: fazer sumo para dias. Assim só tenho metade do trabalho.
Descoberta: posso aquecer salsichas dentro da sopa. Menos uma panela para lavar.
É claro que não pretendo aspirar todos os dias, como a minha mulher queria. De dois em dois dias é mais que suficiente. O segredo está em andar de chinelos e limpar as patas do cão. Quanto ao resto sinto-me optimamente.

Quarta-feira
Tenho a impressão de que afinal a lida doméstica leva mais tempo do que pensava. Preciso de repensar a minha estratégia.
Primeiro passo: comprei um saco de comida rápida. Não tenho de perder mais tempo com cozinhados. É um disparate perder mais tempo com a comida do que comê-la.
A cama é outro problema. Primeiro é preciso sair de dentro do edredão, a seguir arejá-lo e por fim fazer a cama. Que complicação! Acho que não vale a pena fazê-la todos os dias, sobretudo porque nessa mesma noite voltarei a deitar-me. Parece-me inútil.
Deixei de fazer refeições complicadas para o cão. Comprei algumas de lata.
Ele fez má cara, mas não teve outro remédio senão comê-las. Se tenho de arranjar-me com refeições pré cozinhadas, ele não é mais do que eu.

Quinta-feira
Acabou-se o sumo de laranja! Como é que um fruto aparentemente tão inocente causa tamanha confusão? É inacreditável! Vou passar a comprar sumo engarrafado pronto a beber.
Descoberta: consegui sair da cama quase sem a desfazer. Basta-me depois alisar ligeiramente a roupa. Claro que é preciso uma certa prática, e não me posso mexer muito durante o sono. Doem-me um bocado as costas, mas nada que um bom duche quente não possa resolver.
Deixei de fazer a barba todos os dias. É uma perda de tempo. Assim, também, ganho uns minutos preciosos que a minha mulher, como não tem de fazer a barba nunca perde.
Descoberta: não vale a pena usar um prato lavado de cada vez que como. Lavar a loiça tantas vezes começa a dar-me cabo dos nervos. O cão também pode comer só numa tigela. Afinal, de contas é um animal.
Nota: cheguei à conclusão de que basta aspirar no máximo uma vez por semana.
Salsichas ao almoço e ao jantar.

Sexta-feira
Adeus sumos de fruta! As laranjas são muito pesadas.
Descobri o seguinte: as salsichas sabem bem de manhã. Ao almoço nem por isso. Ao jantar, nem vê-las. Salsichas mais de dois dias seguidos enjoam.
O cão, esse, está a comida seca. Afinal de contas tem os mesmos nutrientes, e não suja a tigela. Descobri que posso comer a sopa directamente da panela.
Sabe ao mesmo nem tigela nem concha. Assim já não me sinto tanto como uma máquina de lavar a louça.
Já não lavo o chão da cozinha. Irritava-me tanto como fazer a cama.
Nota: acabaram-se as latas. O abre-latas fica todo pegajoso!

Sábado
Que ideia é esta de me despir à noite se tenho de voltar a vestir-me de manhã? Aproveito mas é o tempo para ficar mais um bocadinho na cama. E também não preciso de colcha, por isso a cama está sempre feita.
O cão encheu tudo de migalhas. Pu-lo na rua de castigo. Não sou criado dele!
Que estranho. De repente, dei-me conta de que é o que a minha mulher me diz às vezes...
Hoje é dia de fazer a barba, mas não me apetece nada. Tenho os nervos em franja. Ao pequeno-almoço, só as coisas que não seja preciso desembrulhar, abrir, cortar polvilhar, cozinhar sem misturar. Tudo coisas que incomodem.
Plano: comer directamente do saco em cima do fogão. Nem pratos, nem talheres nem toalha, nem nenhum disparate desses.
Tenho as gengivas um bocado inflamadas. Deve ser a falta de fruta, que é muito pesada para carregar - se calhar, estou com princípio de escorbuto.
A minha mulher telefonou à tarde a saber se tinha lavado as janelas e posto a roupa a lavar. Desatei a rir meio histérico. Disse-lhe que não tinha tempo para essas coisas.
Há um problema com a banheira. Está entupida com esparguete. Também não estou para me chatear. Não me incomoda muito porque deixei de tomar duche.
Nota: o cão e eu comemos juntos directamente do frigorífico. Tem é de ser depressa. Não convém deixar a porta aberta muito tempo.

Domingo
O cão e eu estamos sentados na cama a ver televisão. Vemos pessoas a comer todo o tipo de iguarias. Salivamos os dois. Ambos estamos fracos e rabugentos.
Esta manhã comi da tigela do cão. Nenhum de nós gostou. Precisava de me lavar, barbear, pentear, fazer comida para o cão, limpar a casa ir às compras e uma série de outras coisas, mas não arranjo forças. Sinto que estou a perder o equilíbrio e que a vista me está a faltar. O cão deixou de abanar a cauda.
Num último reflexo de sobrevivência arrastámo-nos até um restaurante.
Durante uma hora, comemos toda a espécie de pratos óptimos. Em seguida, fomos para um hotel. O quarto é limpo, arrumado e confortável. Descobri a solução ideal para o governo da casa. Não sei se a minha mulher já se terá lembrado disso.

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 10:45

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Junho de 2006

No avião

O famoso comentador da TV, Marcelo Rebelo de Sousa, seguia a bordo de um avião, de Lisboa para o Porto. Ao seu lado, reparou num garoto de uns 10 anos, de óculos com ar sério e compenetrado. Assim que o avião descolou, o garoto abriu um livro, mas Marcelo Rebelo de Sousa puxou conversa.
- Ouvi dizer que o voo parece mais curto se conversarmos com o passageiro do lado. Gostarias de conversar comigo?
O garoto fechou calmamente o livro e respondeu:
- Talvez seja interessante. Qual o tema que o Sr. gostaria de discutir?
- Ah, que tal política? Achas que devemos reeleger Pedro Santana Lopes ou dar uma chance a José Sócrates?
O garoto suspirou e replicou:
- Pode ser um bom tema, mas antes preciso de lhe fazer uma pergunta.
- Então manda! - Encorajou Marcelo Rebelo de Sousa.
- Os cavalos, as vacas e os cabritos comem a mesma coisa, certo?Pasto, ervas, rações. Concorda?
- Sim. - Disse Marcelo Rebelo de Sousa.
- No entanto, os cabritos excrementam bolinhas, as vacas largam placas de bosta e os cavalos grandes bolas... Qual é a razão para isto?
Marcelo Rebelo de Sousa pensou por alguns instantes, mas confessou que não sabia a resposta... E o garoto concluiu:
- Então como é que o senhor se sente qualificado para discutir quem deve governar Portugal, se não entende de merda nenhuma?

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 21:07

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Junho de 2006

A loira e o pinguim

Uma loira acorda, chega ao quintal e depara com um pinguim. Ao mesmo tempo, olha para o lado, vê o seu vizinho e diz:
- Já viu o que está aqui? Um pinguim! O que é que eu faço?
O vizinho responde:
- Não sei! Olhe, leve-o ao Jardim Zoológico.
No dia seguinte, o vizinho olha para a casa da loira e vê ela a sair com o pinguim preso com uma coleira, e pergunta:
- Então, levou o pinguim ao Jardim Zoológico?
E a loira...
- Sim, sim e gostou muito! Hoje vai à Feira Popular!

Categorias: ,
publicado por floreca às 22:31

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Junho de 2006

A nacionalidade de Adão e Eva

Um alemão, um francês, um inglês e um português comentam sobre um quadro de Adão e Eva no Paraíso.

O alemão disse:
- Olhem que perfeição de corpos: ela esbelta e espigada, ele com este corpo atlético, os músculos perfilados...
Devem ser alemães.

Imediatamente, o francês reagiu:
- Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende de ambas as figuras... ela tão feminina... ele tão masculino... Sabem que em breve chegará a tentação...
Devem ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça, o inglês comenta:
- Que nada! Notem... a serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto.
Só podem ser ingleses.

Depois de alguns segundos mais de contemplação, o português exclama:
- Não concordo. Olhem bem: não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa,só têm uma tristemaçã para comer, não protestam e ainda pensam que estão no Paraíso.
Só podem ser portugueses!!!!

Categorias:
publicado por floreca às 07:09

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 10 de Junho de 2006

Marcas do tempo

Já lhe aconteceu sentir-se culpado(a) ao olhar as pessoas da sua idade e de pensar "não posso estar assim tão velho (a)" !?

Então você vai gostar desta:

Eu estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com um novo dentista, quando observei que o seu diploma estava dependurado na parede.

Estava escrito o seu nome, e de repente eu me recordei de um moreno alto, que tinha esse mesmo nome. Era da minha classe do colegio, uns 40 anos atrás, e eu me perguntava : poderia ser o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado à época?

Quando entrei na sala de atendimento, imediatamente afastei esse pensamento do meu espírito. Este homem grisalho, quase calvo, e o rosto marcado, profundamente enrugado, era demasiadamente velho pra ter sido o meu amor secreto... que que é isso!?

Depois que ele examinou o meu dente, perguntei-lhe se ele foi do Liceu Salvador Correia.

"Sim", respondeu-me.

"Quando se formou?", perguntei.

"1959. Porquê?" , respondeu.

"Eh... bem... você era da minha classe", eu exclamei.

E então este velho horrível, cretino, filho de uma puta, me perguntou:

"A Sra. era professora de quê?"

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 23:55

link do post | comentar | favorito
|

Motel

Mirtes não se aguentou e contou para a Lurdes:

- Viram teu marido entrando num motel.

A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto,durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.

 - Quando? Onde? Com quem?

- Ontem. No Discretíssimu's.

- Com quem? Com quem?

- Isso eu não sei.

- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?

- Não sei, Lu.

- Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.

Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.

- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe quem era a mulher que estava comigo no motel. Era você!

- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir. - Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.

- Pois então?

- Pois então, que eu tenho que deixar você. Não vê? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!

- Mas elas não sabem disso!

- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso? Por uma convenção?

- Vou!

Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto a interceptou. Estava sombrio:

- Acabo de receber um telefonema - disse. - Era o Dico.

- O que ele queria?

-Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.

- O quê?

- Você foi vista saindo do motel Discretíssimu's ontem, com um homem.

- O homem era você!

- Eu sei, mas eu não fui identificado.

- Você não disse que era você?

- O quê? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher?

- E então?

- Desculpe, Lurdes, mas...

- Mas o quê???

- Vou ter que te dar uma surra...


(Luiz Fernando Veríssimo)

CONCLUSÃO: DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE, POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA...

Categorias: ,
publicado por floreca às 01:42

link do post | comentar | favorito
|

Enganos

Na mesa de operações, quase às portas da morte, uma doente vê Deus e pergunta:
- Já está na minha altura ?
Deus responde:
- Ainda não. Tens mais 43 anos, 2 meses e 8 dias de vida.
Depois de recuperar, a senhora decide ficar no Hospital e fazer uma lipoaspiração algumas cirurgias plásticas, um facelift,...
Como tinha ainda muitos anos de vida, achou que poderia ficar ainda bonita e gozar o resto dos seus dias.
Quando sai do Hospital, ao atravessar a rua, foi atropelada por uma ambulância e morreu. A senhora, furiosa, ao encontrar-se com Deus, pergunta-lhe:
- Então eu não tinha mais 40 anos de vida? Porque que é que não me desviaste do caminho da ambulância ?
Deus responde:
- Porra! Eras tu? Nem te conheci!!!!

Categorias: ,
publicado por floreca às 01:12

link do post | comentar | favorito
|

Sexo na 3ª idade

Uma velhinha vai ao médico e pede para que lhe ajude a reviver o apetite sexual de seu marido.
- Que tal se tentarmos o Viagra? lhe diz o médico.
- Não tem jeito doutor, diz a anciã, meu marido não toma nem Aspirina para dor de cabeça.
- Não tem problema, diz o médico, misture o Viagra no lanche sem que ele saiba. Volte em uma semana e me conte como foi.

Na semana seguinte volta a velhinha ao médico e lhe diz:
- Ai doutor...FOI HORRRRIÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍVEL... FOI HORRRÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍVEL!!!!
- Mas o que aconteceu?????? pergunta o médico. - A Sra seguiu minhas instruções ao pé da letra????

- Sim, como não doutor, diz a velhinha. - Misturei o Viagra no lanche sem que ele soubesse e o efeito foi imediato. Ele levantou-se da cadeira jogou tudo o que estava sobre a mesa no chão, arrancou toda a minha roupa e fizemos amor de forma apaixonada.
"FOI HORRRRÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍVEL, doutor, FOI HORRRRÍÍÍÍÍÍÍVEL".

-Mas porque foi horrível?, pergunta o médico. O sexo não foi bom?.
- Não doutor, responde a velhinha. -Foi o melhor sexo que tivemos em 25 anos, mas acho que não vou ter cara para entrar no Mc Donald's nunca mais!

Categorias: ,
publicado por floreca às 01:04

link do post | comentar | favorito
|

Sogra

"A casa da sogra não se quer
tão perto que ela possa vir de chinelos,
nem tão longe que ela queira vir de malas."

Categorias: ,
publicado por floreca às 01:00

link do post | comentar | favorito
|

Mulher perfeita

Qual é o nome da mulher perfeita?

IKEA é o nome da mulher perfeita:

sueca, com qualidade, barata, leva-se directamente para casa, monta-se com facilidade e pode-se devolver se não ficar satisfeito !!!!

Categorias: ,
publicado por floreca às 00:57

link do post | comentar | favorito
|

Prisioneiro

Um prisioneiro fugiu de uma prisão onde esteve preso durante quinze anos.
Na sua fuga encontrou uma casa e fugiu para lá.

Lá dentro estava um jovem casal na cama. Ele mandou sair o homem e atou-o a uma cadeira, atou a mulher à cama e chegando-se a ela beijou-lhe, durante uns instantes, o pescoço levantando-se de seguida para se dirigir à casa de banho. 

Enquanto ele lá estava, o marido segredou à mulher:
"Ouve, este homem é um prisioneiro, vê as suas roupas. Provavelmente ele está à muito tempo preso e não deve estar com uma mulher há anos. Eu vi a maneira como te beijou o pescoço. Se ele quiser algo mais não resistas e faz-lhe a vontade, ele deve ser perigoso e se se enfurecer pode matar-nos a ambos. Tens de ser forte, querida. Amo-te.

Ao ouvir isto a mulher respondeu-lhe: "Ele não me estava a beijar o pescoço, estava a sussurrar-me ao ouvido. Disse-me que te tinha achado muito atraente e perguntou-me se havia vaselina na casa de banho. Tens de ser forte, querido. Também te amo.

Categorias: ,
publicado por floreca às 00:44

link do post | comentar | favorito
|

Dicionário de uma loira

Abismado - Pessoa que caiu de um abismo.
Testículo - Texto pequeno.

Pressupor - Pôr preço em alguma coisa.
Biscoito - Fazer sexo duas vezes.
Padrão - Padre muito alto.
Democracia - Sistema de governo do inferno.
Barracão - Algo que proíbe a entrada de caninos.
Homossexual - Detergente para lavar as partes íntimas.
Ministério - Aparelho de som de dimensões muito reduzidas.
Detergente - Acto de prender seres humanos.
Eficiência - Estudo das propriedades da letra F.
Conversão - Conversa prolongada.
Halogéneo - Cumprimento a pessoas muito inteligentes.
Expedidor - Mendigo que mudou de classe social.
Luz solar - Sapato que emite luz por baixo.
Cleptomaníaco - Mania por Eric Clapton.
Contribuir - Ir para algum sítio com uma tribo de índios.
Aspirado - Carta de baralho completamente maluca.
Coitado - Pessoa vítima de coito.
Regime Militar - Dieta e exercícios feitos pelo Exército.
Caçador - Indivíduo que procura ter dor.
Assaltante - Um A que salta.
Determine - Prender a namorada de Mickey Mouse.
Coordenada - Que não tem cor.
Presidiário -Aquele que é preso diariamente.
Ratificar - Tornar-se um rato.
Violentamente - Viu com lentidão.
Categorias:
publicado por floreca às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Junho de 2006

Educação sexual

Clique para ampliar

Categorias:
publicado por floreca às 17:35

link do post | comentar | favorito
|

O amor

O AMOR É COMO  A  RELVA ! 

TU PLANTAS; 

ELE CRESCE.

DEPOIS VEM UMA VACA E ACABA COM TUDO...
      

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 17:23

link do post | comentar | favorito
|

Assédio sexual

Um homem passa pela sua colega de escritório e diz-lhe que o cabelo dela cheira muito bem.

A colega vai imediatamente ao gabinete do chefe e diz-lhe que quer fazer queixa por assédio sexual.

O gerente admirado pergunta-lhe:

-Mas, afinal, qual é o mal de um colega lhe dizer que o seu cabelo cheira bem?

-Chefe !!! Ele é anão !!!

Categorias: ,
publicado por floreca às 17:21

link do post | comentar | favorito
|

Na intimidade

Após mais uma vitória estava o Mourinho a aliviar o stress em cima de uma inglesa, com toda a táctica que lhe é internacionalmente reconhecida, quando a coitada da moçoila começa, quase a atingir o orgasmo:

"OH MEUS DEUS, OH MEU DEUS, OH MEU DEUS !!!!!"

Mourinho pára, olha pró campo de jogo, fita-a nos olhos e diz:

" FILHA, NA INTIMIDADE PODES-ME CHAMAR JOSÉ!"

sinto-me:
Categorias: ,
publicado por floreca às 17:14

link do post | comentar | favorito
|

Carla Susana

Uma senhora levou a filha, de 17 anos, ao médico.
A menina apresentava um quadro com vômitos, tonturas e tinha perdido o apetite.
O médico examinou a moça e concluiu:
- "Minha senhora, a sua filha está grávida de 3 meses".
- "A minha filha, doutor???" - Assustou-se a mãe.
- "Ela nunca esteve sozinha com um homem! Não é verdade, Carla Susana?".
- "Sim", disse a filha. "Eu jamais me deitei com um homem. Eu sequer beijei um homem!".
O médico, cheio de paciência, tirou de sua gaveta um par de binóculos, aproximou-se da janela e ficou calado, a olhar para o infinito.
Passados vários minutos, a mãe de Carla, admirada, perguntou ao médico:
- "Doutor, o que o senhor está fazendo?", ao que o médico respondeu:
- "Minha senhora, da última vez em que isto ocorreu, nasceu uma estrela no oriente e chegaram três reis magos. Desta vez eu não vou perder o espectáculo!!!".

sinto-me:
Categorias: ,
publicado por floreca às 17:02

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Junho de 2006

24 perguntas sem resposta

1. Por que é que a laranja se chama laranja e o limão não se chama verde?

2. Por que é que as lojas abertas 24 horas possuem fechadura?

3. Por que é que quem trabalha no mar se chama marujo e quem trabalha no ar não se chama araújo, certo?

4. Por que é que "separado" se escreve tudo junto e "tudo junto" se escreve separado?

5. Por que é que os kamikazes usavam capacete?

6. Por que é que se deve usar uma agulha esterilizada para dar a injecção letal a um condenado à morte?

7. Para que serve o bolso dos pijamas?

8. Por que é que os aviões não são fabricados com o mesmo material usado nas suas caixas negras?

9. ADÃO TINHA UMBIGO???????

10. Por que é que o Pato Donald depois do banho sai com uma toalha enrolada à cintura, se ele não usa calças nos desenhos?

11. Se o super-homem é tão inteligente, por que é que usa as cuecas por fora das calças?

12. O Pluto e o Pateta são dois cães, não são? Por que é que o Pateta fala e o Pluto não?

13. Por que é que existem pessoas que acordam os outros para perguntar se estavam a dormir?

14. Por que é que os Flinstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo?

15. Por que é que os filmes de batalhas espaciais têm explosões tão barulhentas se o som não se propaga no vácuo?

16. Por que é que aquele filme com o Kevin Costner se chama "Dança com Lobos" se só aparece um único lobo durante toda a história?

17. Se o vinho é líquido, como pode ser seco?

18. Como se escreve zero em numeração romana?

19. Por que é que as pessoas apertam o comando da televisão com mais força, quando a pilha está fraca?

20. O instituto que emite os certificados de qualidade tem qualidade certificada por quem?

21. Por que é que quando você pára no sinal vermelho, há sempre alguém no carro do lado com o dedo no nariz?

22. Se depois do banho estamos limpos, por que é que lavamos a toalha?

23. Como é que a placa "É proibido pisar a relva" foi colocada lá??

E por último, mas mais importante...

24. SE OS HOMENS SÃO TODOS IGUAIS, POR QUE É QUE AS MULHERES ESCOLHEM TANTO?!?

Categorias:
publicado por floreca às 23:14

link do post | comentar | favorito
|

Frase na porta

Frase na porta de um centro comunitário
 
"Palestra sobre masturbação,
bata antes de entrar."
sinto-me:
publicado por floreca às 13:45

link do post | comentar | favorito
|

Moral da história

Era feliz...
A minha namorada e eu estavamos juntos há mais de um ano, por isso decidimos casar.
Só havia uma coisa que me chateava, era a irmã mais nova dela. A minha futura cunhada tinha 20 anitos, usava mini saias e grandes decotes...
Tinha a mania de se vir abaixar bem perto de mim e tive muitas vezes visões agradáveis da sua roupa interior.

Um dia ligou-me e convidou-me pra ir ver os convites do meu casamento.
Disse-me, então, que em breve estaria casado e que ela tinha sentimentos e desejos por mim que ela não conseguia esquecer e nem queria esquecer.
Ela queria fazer amor comigo somente uma vez antes de me casar.
Fiquei em total choque e nem consegui dizer uma palavra. Ela disse:
- "Vou lá pra cima para o meu quarto, se quiseres passar à acção só tens de subir e apanhar-me..."
Fiquei atónito. Estava congelado enquanto a observava a subir as escadas. Quando ela chegou ao cimo puxou as cuequinhas e atirou-as pelas escadas para mim. Fiquei lá por um momento, então virei-me e fui direito à porta da frente. Abri a porta e saí da casa.

Caminhei direito ao meu carro. O meu futuro sogro estava lá fora.
Com lágrimas nos olhos abraçou-me e disse:
- Estamos muito contentes que tenhas conseguido passar o nosso pequeno teste! Não podíamos pedir um melhor homem pra nossa filha. Bem-vindo à família!

Moral da história:
Guarda sempre os preservativos no carro.

sinto-me: anjinha
Categorias: ,
publicado por floreca às 13:37

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Há mulheres que nunca estão satisfeitas com nada...

Após este longos meses de chuva e frio, podemos finalmente convidar uns amigos e fazer um Barbecue:

Talvez porque há um certo risco envolvido na actividade, este é o único tipo de cozinha a que um verdadeiro homem se deve dedicar: "A cozinha fora de casa"...

Contudo, não é tarefa fácil. Quando um homem aceita fazer o Barbecue põe-se em marcha uma cadeia de acções:

1º) A mulher compra os alimentos;
2º) A mulher faz as saladas, prepara as batatas fritas, o arroz e a sobremesa;
3º) A mulher prepara a carne para ser cozinhada, tempera-a, coloca-a numa travessa e leva-a ao homem que já está à espera ao pé do grelhador, de cerveja fresca na mão;

Aqui vem a primeira parte realmente importante da questão:
4º) O homem coloca a carne na grelha;

5º) A mulher vai para dentro e põe a mesa;
6º) A mulher apercebe-se que o homem está com os outros homens a contar anedotas e vem cá fora a correr a avisar que a carne se está a queimar;
7º) O homem aproveita e pede-lhe mais uma cervejinha fresquinha;
8º) A mulher vem cá fora trazer a cerveja e uma travessa...

... e é então que aparece a segunda parte importante do processo:
9º) O homem tira a carne da grelha e entrega-a à mulher;

10º) Depois de comerem, a mulher tira a mesa, lava a louça, arruma a cozinha e lava a grelha;
11º) Toda gente dá os parabéns ao homem pela fantástica refeição que ele preparou;
12º) O homem pergunta à mulher se lhe soube bem o tempo de folga de que usufruiu e, perante o ar chateado dela, conclui que há mulheres que nunca estão satisfeitas com nada...

sinto-me:
Categorias:
publicado por floreca às 00:20

link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30

Notas recentes

No infantário...

Aula de teologia

A idade

Velório alentejano

Vacina do tétano

Gaguez

Mercados Financeiros

A cebola e a árvore de Na...

Erro de cálculo...

Os dois sentidos

Diversas

Consulta no ginecologista

Lutar por beijos

É tão fácil limpar uma po...

Atendedor automático esco...

Como irritar cada signo

Flores

O que é de facto signific...

Professor sofre...

Pensamento do dia

Notas em arquivo

Novembro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Categorias

alentejanos(8)

anedota(106)

apanhados(12)

cartoon(29)

casal(33)

crianças(1)

curiosidades(3)

definição(1)

destaque(1)

emprego(1)

ensino(1)

estudantes(2)

governo(1)

história(2)

homens(17)

loiras(10)

mulheres(24)

padres(1)

pensamento(5)

perguntas(3)

signos(2)

vídeo(2)

todas as tags

Outras notas

Contacto

e-mail
blogs SAPO

subscrever feeds